Arquivos da categoria: Perguntas e respostas

Perguntas & Respostas com base na obra de Kardec.

Fonte: Estudando as obras de Kardec – Astolfo Olegário de Oliveira Filho – aoofilho@oconsolador.com.br – Londrina, Paraná (Brasil) – e coletânea de perguntas elaboradas pelo Grupo Espírita Allan Kardec.

icone-perguntas-e-respostas

P&R: Como as criaturas são afetadas espiritualmente por outras?

Como as criaturas são afetadas espiritualmente por outras?

Pela sua união íntima com o corpo, o perispírito desempenha preponderante papel no organismo. Pela sua expansão, põe o Espírito encarnado em relação mais direta com os Espíritos livres e também com os Espíritos encarnados.
O pensamento do encarnado atua sobre os fluidos espirituais, como o dos desencarnados, e se transmite de Espírito a Espírito pelas mesmas vias e, conforme seja bom ou mau, saneia ou vicia os fluidos ambientes.

Allan Kardec. A Gênese, cap. XIV, item 18.

Share
icone-perguntas-e-respostas

P&R: Qual seria o médium que poderíamos considerar perfeito?

Qual seria o médium que poderíamos considerar perfeito?

— Perfeito? É pena, mas bem sabes que não há perfeição sobre a Terra. Se não fosse assim, não estarias nela. Digamos antes bom médium, e já é muito, pois são raros. O médium perfeito seria aquele que os maus Espíritos jamais ousassem fazer uma tentativa de enganar. O melhor é o que, simpatizando com os bons Espíritos, tem sido enganado menos vezes.

O Livro dos Médiuns – por Allan Kardec – tradução de José Herculano Pires – cap. 20, item 226 – n.9.

Share
icone-perguntas-e-respostas

P&R: Que defeito moral é considerado o principal obstáculo ao progresso?

Que defeito moral é considerado o principal obstáculo ao progresso?

O orgulho. Pai de muitos vícios, o orgulho é também a negação de muitas virtudes. Ele se encontra na base e como móvel de quase todas as ações humanas. Essa a razão por que Jesus se empenhou tanto em combatê-lo, como principal obstáculo ao progresso.

(O Evangelho segundo o Espiritismo, capítulo X, item 10.)

Share
icone-perguntas-e-respostas

P&R: Como definir resignação, à luz do Espiritismo?

Como definir resignação, à luz do Espiritismo?

Tanto a obediência quanto a resignação são virtudes muito ativas, embora os homens erradamente as confundam com a negação do sentimento e da vontade. A obediência é o consentimento da razão; a resignação é o consentimento do coração. Quando se diz que uma pessoa é resignada, o que se quer dizer é que ela aceita de coração as coisas que não podem ser mudadas, fato que ocorre em grande número de situações em nossa vida.

(O Evangelho segundo o Espiritismo, capítulo IX, item 8.)

Share