Reconhece-se o homem de bem

Reconhece-se o homem de bem, pela sua transformação moral, e pelos esforços que faz para dominar suas más tendências.

(Allan Kardec em O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XVII, Sede Perfeitos, item 4.)

Compartilhe