Citações em imagens: Como é que vedes um argueiro no olho do vosso irmão, quando não vedes uma trave no vosso olho?

“Como é que vedes um argueiro no olho do vosso irmão, quando não vedes uma trave no vosso olho?”, eis conhecida advertência feita por Jesus. Uma das insensatezes da Humanidade consiste em vermos o mal de outrem antes de vermos o mal que está em nós. Para julgar-se a si mesmo, seria preciso que o homem pudesse ver seu interior num espelho, pudesse transportar-se para fora de si próprio, considerar-se como outra pessoa e perguntar: Que pensaria eu se visse alguém fazer o que faço? Incontestavelmente, é o orgulho que induz o homem a dissimular para si mesmo os seus defeitos.

(Alkan Kardec – O Evangelho Segundo o Espriritismo, Cap. X, itens 9 e 10)

Compartilhe