Aquele que não pratica o mal

Aquele que não pratica o mal, mas se aproveita do mal praticado por outrem, é culpado tanto quanto se o houvera praticado. Aproveitar do mal é participar dele.

(Allan Kardec – L.E., 640)

Compartilhe