Citação em texto: o homem pode resistir ao mal

Assim, segundo a Doutrina Espírita, não há arrastamento irresistível: o homem pode sempre fechar os ouvidos à voz oculta que, em seu foro íntimo, o convida ao mal, da mesma forma que os pode fechar à voz material daquele que lhe fala; e o pode por sua vontade, pedindo a Deus a força necessária e reclamando, para isso, a assistência dos Espíritos bons. É o que Jesus nos ensina em sua sublime oração do Pater, quando nos faz dizer: “Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.”

Allan Kardec. Revista Espírita, outubro de 1858.

Compartilhe