Citações em texto: Penso que o Espiritismo é um estudo todo filosófico das causas secretas

Penso que o Espiritismo é um estudo todo filosófico das causas secretas, dos movimentos interiores da alma até agora nada ou pouco definidos. Ele explica, mais do que desvenda, horizontes novos. A reencarnação e as provas sofridas antes de atingir o objetivo supremo não são revelações, mas uma confirmação importante. Tocam-me as verdades que esse meio coloca sob a luz. Digo intencionalmente – meio – porquanto, a meu ver, o Espiritismo é uma alavanca que afasta as barreiras da cegueira. A preocupação com as questões morais está toda por criar; discute-se a política, que agita os interesses gerais; discutem-se os interesses privados; o ataque ou a defesa das personalidades apaixonam; os sistemas têm seus partidários e seus detratores. Entretanto, as verdades morais, aquelas que são o pão da alma, o pão da vida, são deixadas sob o pó acumulado pelos séculos. Aos olhos das multidões, todos os aperfeiçoamentos são úteis, exceto o da alma; sua educação, sua elevação não passam de quimeras, boas, quando muito, para ocupar os lazeres dos padres, dos poetas, das mulheres, seja como moda, seja como ensino.

Se o Espiritismo ressuscita o espiritualismo, ele dará à sociedade o impulso que, a uns dará a dignidade interior, a outros a resignação, a todos a necessidade de se elevar para o Ser supremo, esquecido e desconhecido por suas ingratas criaturas.

J. J. Rousseau

O Livro dos Médiuns » Segunda parte – Das manifestações espíritas » Capítulo XXXI – Dissertações espíritas » Acerca do Espiritismo.

Compartilhe