Estudo da Semana: Afastamento dos maus espíritos (parte 2)

Estudo da Semana: Afastamento dos maus espíritos (parte 2):

Allan Kardec – O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XXI – Haverá falsos cristos e falsos profetas » Instruções dos Espíritos » Os falsos profetas da erraticidade

10. Os falsos profetas não se encontram unicamente entre os encarnados. Há-os também, e em muito maior número, entre os Espíritos orgulhosos que, aparentando amor e caridade, semeiam a desunião e retardam a obra de emancipação da Humanidade.

São eles que espalham o fermento dos antagonismos entre os grupos, que os impelem a isolarem-se uns dos outros e a olharem-se com prevenção. Isso por si só bastaria para os desmascarar, pois, procedendo assim, são os primeiros a dar o mais formal desmentido às suas pretensões. Cegos, portanto, são os homens que se deixam cair em tão grosseiro embuste.

– Erasto, discípulo de São Paulo. (Paris, 1862.)

Allan Kardec – O Livro dos Médiuns » Segunda parte – Das manifestações espíritas » Capítulo XXXI – Dissertações espíritas » Sobre as Sociedades Espíritas » XXVII

Repeli impiedosamente todos esses Espíritos que reclamam o exclusivismo de seus conselhos, pregando a divisão e o insulamento.

São quase sempre Espíritos vaidosos e medíocres, que procuram impor-se a homens fracos e crédulos, prodigalizando-lhes louvores exagerados, a fim de os fascinar e ter sob seu domínio.

São geralmente Espíritos famintos de poder que, déspotas, públicos ou privados, quando vivos, ainda se esforçam, depois de mortos, por ter vítimas para tiranizarem.

Compartilhe