J. Herculano Pires: as velhas e as novas companhias

Os que se comprazem na rotina do erro e da maldade terão os ajudantes que mais lhes convêm. Os que procuram corrigir-se, melhorar-se, fazendo da vida um aprendizado moral, terão os ajudantes de que necessitam. Entretanto, convém não esquecer que, para deixar velhas companhias e adquirir novas, será sempre necessário enfrentar a reação daquelas que não nos abandonam com facilidade.

J. Herculano Pires. O Mistério do Bem e do Mal.

Compartilhe