P&R: Crítica ao mal?

Devemos criticar o mal quando ele ocorra em nosso meio?
Sem dúvida nenhuma, esse é um direito e mesmo um dever. Porém, se a intenção do crítico é realmente boa, deve emitir sua opinião com decência e benevolência, abertamente e não às ocultas. O fato se aplica às reuniões, quando entram no mau caminho.

Se a opinião das pessoas sensatas e bem-intencionadas não é seguida, elas devem retirar-se, porque não se concebe que quem não tem nenhuma segunda intenção permaneça numa sociedade onde se fazem coisas que não lhe convêm.

(Allan Kardec – O Livro dos Médiuns, item 337.)

Compartilhe