P&R: É caridade manter um médium obsidiado ou fascinado em uma reunião de cunho espírita?

É caridade manter um médium obsidiado ou fascinado em uma reunião de cunho espírita?

O concurso, nas reuniões espíritas, de qualquer médium obsidiado ou fascinado ser-lhes-ia mais nocivo do que útil; não devem elas, pois, aceitá-lo. Os médiuns obsidiados que se recusam a reconhecer que o são, assemelham-se a esses doentes que se iludem sobre a própria enfermidade e se perdem, por não se submeterem a um regime salutar.

(Allan Kardec – O Livro dos Médiuns, Item 329)

Compartilhe