P&R: Existem casos de antipatia entre pais e filhos, como o Espiritismo nos indica a proceder diante deste tipo de situação?

Existem casos de antipatia entre pais e filhos, como o Espiritismo nos indica a proceder diante deste tipo de situação?

Não escorraceis, pois, a criancinha que repele sua mãe, nem a que vos paga com a ingratidão; não foi o acaso que a fez assim e que vo-la deu. Imperfeita intuição do passado se revela, do qual podeis deduzir que um ou outro já odiou muito, ou foi muito ofendido; que um ou outro veio para perdoar ou para expiar. Mães! Abraçai o filho que vos dá desgostos e dizei convosco mesmas: Um de nós dois é culpado. Fazei-vos merecedoras dos gozos divinos que Deus conjugou à maternidade, ensinando aos vossos filhos que eles estão na Terra para se aperfeiçoar, amar e bendizer.

Santo Agostinho – O Evangelho segundo o Espiritismo » Capítulo XIV – Honrai a vosso pai e vossa mãe » Instruções dos Espíritos » A ingratidão dos filhos e os laços de família, item 9.

Compartilhe