P&R: Muitos homens coléricos colocam a culpa da sua raiva a uma disposição genética, será isso verdade?

Muitos homens coléricos colocam a culpa da sua raiva a uma disposição genética, será isso verdade?

O indivíduo propenso a encolerizar-se desculpa-se, quase sempre, com o seu temperamento. Em vez de se confessar culpado, lança a culpa ao seu organismo, acusando a Deus, dessa forma, de suas próprias faltas, o que é uma consequência do orgulho que nutre, de permeio a todas as suas imperfeições.

(allan Kardec – O Evangelho segundo o Espiritismo, Cap. IX, item 10, Hahnemann)

Compartilhe