P&R: Segundo Kardec quais são as classes de espíritas?

Segundo Kardec quais são as classes de espíritas?

Existem quatro classes principais: 1a) os espíritas experimentadores, que creem pura e simplesmente nas manifestações e acham que o Espiritismo é uma simples ciência de observação; 2a) os espíritas imperfeitos, que também compreendem a parte filosófica da doutrina e admiram a moral que dela decorre, mas não a praticam. A influência do Espiritismo sobre o caráter deles é insignificante ou nula; eles não mudam nada de seus hábitos e conservam a avareza, o orgulho, a inveja ou o ciúme que os caracterizavam antes; 3a) os verdadeiros espíritas, ou melhor, os espíritas cristãos, que não se contentam com admirar a moral espírita, mas a praticam, aceitando-lhes todas as consequências. Convencidos de que a existência terrestre é uma prova passageira, trabalham por tirar proveito destes curtos instantes para caminharem pela via do progresso, esforçando-se por fazer o bem e reprimir seus maus pendores. A caridade é, em todas as coisas, a regra de sua conduta; 4a) os espíritas exaltados, que aceitam facilmente e sem reflexão tudo o que provém do plano espiritual. Exagerados em sua crença, revelam uma confiança cega e, às vezes, pueril nas coisas do mundo invisível. Eles são os menos indicados para convencer, porque são de muito boa fé enganados, seja por Espíritos mistificadores, seja por pessoas que lhes exploram a credulidade.

(Allan Kardec – O Livro dos Médiuns, item 28.)

Compartilhe